Mario Cunha, Músico, Professor, Comendador, Palestrante e Diretor | 04/2008 Globalização atinge a educação musical no país
496
post-template-default,single,single-post,postid-496,single-format-standard,edgt-core-1.2,ajax_fade,page_not_loaded,,vigor-ver-1.12, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

04/2008 Globalização atinge a educação musical no país

04/2008 Globalização atinge a educação musical no país

Globalização atinge a educação musical no país

Desde o início da parceria com a Berklee College of Music de Boston (EUA), em 1998, o SOUZA LIMA ENSINO DE MÚSICA iniciou um processo que poderíamos chamar de globalização, tema tão aclamado atualmente. Com a chegada da Faculdade Souza Lima & Berklee – uma faculdade exclusiva no Brasil com transferência de créditos para a renomada instituição americana – os estudantes de música têm a oportunidade de fazer intercâmbio com muito mais facilidade, segurança, aproveitamento e custo reduzido unindo os conhecimentos adquiridos no Brasil e exterior aliados a experiência de vivenciar diferentes culturas e costumes.

A partir da participação do Souza Lima no BIN (Berklee International Network Conference), que reúne anualmente todas as escolas participantes, representantes de cada país e no IAJE (International Association for Jazz Education), foi possível realizar este intercâmbio também com outros países, aproximando ainda mais jovens músicos do sonho de estudar no exterior. Além disso, a escola possui convênios também com o MI (Musicians Institute) em Los Angeles (EUA) e com o Conservatório Tchaikovsky, na Rússia.

Com três unidades no estado de São Paulo e os convênios firmados também com escolas de música do interior e outros estados do Brasil, a cultura musical pode chegar de modo mais rápido e fácil a regiões fora do pólo comercial do país com a mesma qualidade e eficácia. O Souza Lima ainda oferece processos seletivos para bolsas de estudo semestralmente em sua sede no bairro dos Jardins, em São Paulo, além de avaliações para o mesmo fim, realizadas nas conveniadas nacionais.

A intenção é possibilitar aos estudantes de música um conhecimento mais amplo e diversificado, com opções de unir novas experiências e romper fronteiras com acesso facilitado. O músico, como em qualquer outra área, precisa do diploma e um bom conhecimento, mas também precisa de vivência. Hoje temos alunos de diversos países do mundo como Japão, Argentina, Chile, Peru, Bolívia, Itália, entre outros e, ao mesmo tempo, temos ex-alunos de diversas partes do Brasil que estudam ou já se formaram no exterior através de nossos convênios. Além do custo benefício, os alunos estrangeiros têm a possibilidade de conhecer nossa cultura, nossa música e vice-versa. E isso sim é globalização!” – comemora o diretor Antônio Mário Cunha.

Em junho deste ano, a diretoria do Souza Lima participará do 18º Encontro Internacional da IASJ (International Association of School of Jazz) em Riga, Letônia, e do Encontro da BIN (Berklee International Network), em Freiburg, Alemanha. Ainda para 2008, será acertado um programa de intercâmbio com os estudantes da Faculdade Internacional Souza Lima e a Cornish College of Arts and Music, em Seatle, EUA.
Acreditamos que o caminho para o crescimento do ser humano é a educação, e a educação através da música é a nossa filosofia” – finaliza Antônio Mário.

Sites relacionados:
Souza Lima – http://www.souzalima.com.br
Berklee College of Music – http://www.berkleemusic.com/

Informações à imprensa:

Paula Witchert
Assessora de Imprensa – Souza Lima
Editora – SL Revista Eletrônica