Mario Cunha, Músico, Professor, Comendador, Palestrante e Diretor | Ano4 Nº23 – No Tom: Empreender: Missão Solidária
341
post-template-default,single,single-post,postid-341,single-format-standard,edgt-core-1.2,ajax_fade,page_not_loaded,,vigor-ver-1.12, vertical_menu_with_scroll,smooth_scroll,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
 

Ano4 Nº23 – No Tom: Empreender: Missão Solidária

Ano4 Nº23 – No Tom: Empreender: Missão Solidária

Empreender: missão solidária

A palavra “empreender” é tão abrangente que cheguei à conclusão de que ela nasceu para ser plural.

Selecionei alguns comportamentos e aspectos que é sempre bom nos lembrarmos e saber o quanto podem nos ajudar fazer do nosso empreendedorismo mais real. É necessário estarmos atentos a tudo e a todos ao nosso redor para fazermos disso a nossa realidade.

Encare os desafios diários de sua vida pessoal e profissional como grandes oportunidades, bem como chances únicas. Todos nós sabemos que se não ousarmos e não pensarmos à frente de nosso tempo não passaremos de empresas-escolas comuns. Por isso, todo o desafio é bem-vindo e deve ser encarado como a mola propulsora para que possamos crescer ainda mais.

É preciso estar consciente e entender a importância do trabalho de nossa equipe (professores e funcionários) e, nos dias de hoje, até mesmo de nossos parceiros terceirizados. Mantenha a motivação elevada e persevere no que acredita com qualidade de prestação de serviços musicais buscando constantemente a superação. Estes são sinais vitais para que tudo dê certo em sua escola auferindo sustentabilidade, confiança e respeito para a sua marca.

Disciplina, transparência, honestidade, exemplo de liderança, saber ouvir, ponderar, bom humor, ética, atitudes humanitárias, são algumas das condutas imprescindíveis ao empreendedorismo sério e compromissado, além de hábitos importantes que perpetuam e atraem bons resultados.

Dê o valor devido para a sua equipe e, em especial, até mesmo para aqueles que parecem ter menos importância. Avalie a necessidade e os resultados dessa parte de sua equipe e você vai se surpreender com o que pode acontecer se estes não tiverem o devido valor.

Tenha objetivos e crie metas significativas para que possa comemorá-las no futuro. Entretanto, de nada adianta traçar metas inalcançáveis e ficar na espera de um sonho. É preciso que seja real!

Mantenha sempre o foco e a determinação em onde você quer chegar. Siga com o objetivo fixo e não deixe com que as trilhas, por vezes tortuosas, façam com que você se desvie do seu foco principal. Prepare-se para estabelecer metas e caminhos intermediários. É uma atitude muito importante para você e para a sua escola.

Em hipótese alguma aja de maneira a prometer o que não pode cumprir. A frustração pode gerar mais conflito e uma situação desgastante para qualquer que seja o profissional ou cargo. Restrinja-se a prometer o que realmente pode cumprir.

Enfim, busque a excelência em tudo o que se propõe a fazer. Isso faz de você um empreendedor atento e vitorioso, e trabalhe para que a sua equipe compartilhe de sua forma de agir e pensar, o que é ainda melhor para todos os envolvidos neste processo de aprendizado e de crescimento real de sua escola.

Boa sorte!

Prof. Antonio Mário Cunha
Diretor do Conservatório e Faculdade Souza Lima & Berklee